Como podem os estrangeiros para obter educação em engenharia na Rússia

Como podem os estrangeiros para obter educação em engenharia na Rússia
© UNN

Para os candidatos de diferentes países, estão abertas as portas das instituições de ensino superior técnicas prestigiosas do país.

Engenheiro é uma das profissões mais procuradas no mundo moderno, está associada ao desenvolvimento da indústria e novas tecnologias. A lista de especialidades técnicas abrange muitos campos de atividade, em particular, engenharia elétrica e térmica, construção de máquinas, eletrónica, engenharia de energia, metalurgia, tecnologias da informação, minas, construção, produção de aeronaves e mísseis, medicina e outros. Dependendo do ramo escolhido, os graduados das instituições de ensino superior técnicas podem atuar como engenheiros mecânicos, tecnólogos, projetistas, ou seja, podem criar e aperfeiçoar vários mecanismos, testá-los e colocá-los em funcionamento.

Na Rússia, é possível obter ensino em engenharia de alto nível, por isso, candidatos de todo o mundo escolhem as instituições de ensino superior técnicas russas. Aqui adquirem conhecimentos teóricos profundos e habilidades práticas. Outras vantagens de estudar na Rússia são o custo acessível da educação, a oportunidade de estudar em inglês e a disponibilidade de programas de duplo diploma, quando um estudante se forma com um diploma de instituições de ensino superior russa e estrangeira.

FEFU_01.jpg
© FEFU

As universidades estatais russas oferecem uma ampla gama de especialidades técnicas. Na lista aprovada pelo Ministério da Educação e Ciência da Federação Russa, estão disponíveis várias dezenas de áreas de ensino para engenharia: desde a produção de aeronaves e mísseis à bioengenharia. Para escolher um programa educacional e universidade adequados, use o conveniente motor de busca do nosso sítio web. Depois, registe-se na página pessoal de candidato e escreva diretamente para a instituição de ensino superior (a candidatura e o processamento dos questionários são gratuitos).

Estas são apenas algumas universidades russas onde pode obter uma educação em engenharia.

  • O Instituto de Física e Tecnologia de Moscovo prepara especialistas em matemática aplicada e física, programação, análise e gestão de sistemas, segurança de computadores e outras áreas. A instituição de ensino superior está incluída em classificações educacionais dominantes como a QS, ARWU e THE.
  • A UINN MIFI oferece aos candidatos estrangeiros mais de cem áreas, as mais populares são os programas em física nuclear, operação de centrais nucleares e programação de sistemas. A MIFI é um líder reconhecido na formação de engenheiros nucleares.
  • A MISIS é uma das principais universidades técnicas da Rússia, com uma vasta experiência na formação de engenheiros na área da ciência dos materiais, metalurgia, mineração. Existem também programas de tecnologias da informação, nanotecnologias.
  • A Universidade Politécnica de Tomsk é outra instituição de ensino superior técnica, onde se pode obter um diploma de engenharia na área da nanotecnologia, petróleo e gás, construção de máquinas, ciência dos materiais, programação e outros.
  • A Universidade Politécnica de São Petersburgo é uma das mais antigas instituições de ensino superior técnicas da Rússia. Os candidatos estrangeiros escolhem na maioria das vezes programas de energia, tecnologias da informação e construção.

HSE1.jpg
© HSE
  • Universidade de Samara é um centro educacional de investigação especializado na formação de engenheiros da indústria espacial. Os ramos mais populares são a "Indústria aeronáutica", "Sistema de defesa por mísseis e astronáutica". No entanto, existem outros ramos técnicos, como a "Informática e engenharia informática, mecânica teórica" e outras.
  • A Universidade Federal da Sibéria foi fundada especificamente para preparar engenheiros para áreas como indústria e energia. Atualmente pode obter o ensino superior em metalurgia e geotecnologia, energia, biotecnologia, sistemas de comunicação, negócios de petróleo e gás e outros ramos.
  • A educação em engenharia no Extremo Oriente tem uma longa história. Em 2018, a Escola de Engenharia da Universidade Federal do Extremo Oriente celebra o seu centenário. A lista de programas educacionais de vários níveis inclui mais de 80 especializações, incluindo "Petróleo e Gás", "Mineração", "Construção de Máquinas" e "Robótica", "Construção Naval", "Energia Elétrica e Eletrotecnia", entre outras.
  • Na Universidade Estatal de Novosibirsk pode obter um diploma em engenharia na área da nanotecnologia, sistemas de laser, eletrónica, biotecnologia médica, tecnologias da informação. A instituição de ensino superior está localizada em Akademgorodok, rodeada pelas principais instituições científicas do país, onde os estudantes se podem envolver em investigações científicas.
  • Os programas de engenharia estão disponíveis na Universidade Federal dos Urais. Entre os mais procurados estão a construção de máquinas e metalurgia, TI, biotecnologia, energia.
  • A UEE LETI é uma universidade técnica especializada na formação de profissionais na área da eletrónica, radiotecnologia e engenharia elétrica, sistemas de gestão, construção de aparelhos, tecnologia da informação. Nos últimos 60 anos, a universidade preparou mais de 3 500 engenheiros.
  • A Universidade ITMO também presta muita atenção à preparação de engenheiros, em particular na área das tecnologias da informação. Futuros programadores universitários ganharam prémios em competições internacionais. Aqui também se pode obter uma boa educação em fotónica e optoinformática, engenharia de laser, biotecnologia dos alimentos.
unn_students-16.jpg
© UNN
  • A Universidade Estatal de Tomsk é uma das mais antigas instituições de ensino superior russas, tem o estatuto de um instituto nacional de investigação. Os estrangeiros têm acesso a vários programas de engenharia, em particular em tecnologias da informação, aviação e tecnologia de mísseis e do espaço, bioinformática, mecânica, construção de máquinas e outras áreas.
  • Na Universidade Estatal do Sul dos Urais também se pode obter educação em engenharia. Os candidatos estrangeiros escolhem frequentemente as tecnologias da informação, construção e arquitetura. Existem muitas outras áreas disponíveis, por exemplo, metalurgia, tecnologia dos materiais, segurança de tecnosfera, eletrónica, entre outras.
  • A Universidade Estatal de Tyumen é uma instituição de ensino superior russa clássica onde também estão disponíveis programas educacionais de engenharia. Uma das áreas mais promissoras é o negócio de petróleo e gás. Por exemplo, a instituição de ensino superior tem o plano de estudos de Mestrado de "Engenharia Conceitual de Petróleo e Gás". As aulas são lecionadas não só por professores universitários, mas também por representantes das maiores empresas de tecnologia da Rússia. No processo de aprendizagem, os alunos participam no desenvolvimento de projetos reais a pedido da empresa russa de renome Gazprom Neft.

Na Rússia, os estudantes estrangeiros podem estudar não apenas em russo. Muitas instituições de ensino superior oferecem programas de língua inglesa em engenharia. Para encontrar o adequado, pode usar o nosso motor de busca, escolhendo a língua inglês como idioma de instrução. Se o candidato quiser estudar em russo, mas não sabe o suficientemente, pode inscrever-se primeiro no departamento preparatório que existe na maioria das instituições de ensino superior russas. Aqui, durante o ano, estudam as disciplinas linguísticas e técnicas (física, matemática, informática e outras) necessárias para a formação contínua. Após a conclusão do departamento preparatório, o aluno passa nos exames finais e recebe um certificado. Depois, pode entrar no programa principal em língua russa.

unn_students-8.jpg
© UNN

Como entrar numa instituição de ensino superior técnica na Rússia

Após a admissão numa universidade russa, é preciso passar por uma séria seleção competitiva. Para estudar numa base contratual, o candidato estrangeiro deve passar nos exames de admissão, que as instituições de ensino superior realizam especialmente para os estudantes estrangeiros. О custo da educação na Rússia é menor do que na Europa ou na América. Por exemplo, os programas de Licenciatura e Especializaçõ em áreas como "Mecânica e Modelagem Matemática" e "Informática Fundamental e Tecnologias da Informação" custam a partir de 89 mil rublos (1 480 $) por ano 1. As especializações em "Radiofísica", "Química, Física e Mecânica de Materiais", "Construção", "Engenharia de Software", "Segurança da Informação", "Eletrónica", "Construção de Aparelhos", "Energia Elétrica e Térmica", "Mecatrónica e Robótica", "Metalurgia" custam a partir de 102 mil rublos (1 700 dólares). Programas como "Física Nuclear e Física Térmica", "Física Técnica", "Aviação e Tecnologia Espacial", "Construção Naval", "Nanoengenharia" custam a partir de 153 mil rublos (2 550 $).

O candidato estrangeiro também pode passar pelo Exame Estatal Unificado, que é realizado em 14 disciplinas em russo. No ramo da engenharia, geralmente, é preciso passar no exame de matemática, física, informática e, às vezes, biologia ou química, quando se trata de especialidades relacionadas (por exemplo, bioengenharia). Nos sítios web das instituições de ensino superior, estão disponíveis informações detalhadas sobre quais são as disciplinas necessárias para uma Especialização específica.

Os candidatos talentosos com boas notas no certificado podem tentar ganhar no concurso para bolsas de estudo do estado ou tentar a sua sorte numa das competições universitárias internacionais. Pode encontrar aqui informações detalhadas sobre as competições. 

MEPhI_01.jpg
© MEPhI

No processo de estudo numa instituição de ensino superior russa, os estudantes estrangeiros participam em investigações científicas sob a orientação de professores experientes, e regularmente passam por um treino prático da especialidade em empresas russas, o que aumenta a probabilidade de encontrar um emprego de prestígio após a graduação. Por exemplo, a Universidade Politécnica de São Petersburgo coopera com grandes empresas russas de construção, petróleo e gás e energia, onde os estudantes são enviados para o estágio. Os estudantes da UINN MIFI, da Universidade Federal da Sibéria e de outras instituições de ensino superior que estudam energia, familiarizam-se com o trabalho das centrais nucleares russas. Aos futuros programadores da Universidade Estatal de Novosibirsk são oferecidas oportunidades de estágio em empresas siberianas: desenvolvedores de software, bem como os Institutos da filial siberiana da Academia Russa de Ciências.

Atualmente a profissão de engenharia é uma das mais populares, já que nenhuma empresa pode prescindir de especialistas nesta área. Portanto, a maioria dos graduados de instituições de ensino superior técnicas encontra rapidamente empregos com altos salários.

Se quiser obter uma educação em engenharia, não perca tempo. Use o nosso motor de busca, para encontrar um programa adequado a si. Em seguida, registe-se gratuitamente na página pessoal de candidato e envie o pedido diretamente para a instituição de ensino superior. Também pode fazer perguntas à equipa do departamento de relações internacionais que responderá dentro de 10 dias úteis.

Compartilhar
Não mostrar novamente
Envie uma candidatura para uma instituição de ensino superior russa gratuitamente e sem intermediários!