Opiniões de estudantes estrangeiros

Advantages of studying in Russia for foreign nationals
© UrFU

Durjay Sarkar Jay, Bangladeche

Universidade Federal dos Urais do primeiro Presidente da Rússia B. N. Yeltsin

A educação nas instituições de ensino superior é baseada nas necessidades e desejos dos estudantes

Eu estudo russo na Universidade Federal de Ural, localizada na bela cidade de Yekaterimburgo. Uma vez, em Bangladesh, assisti ao filme “O Barbeiro Siberiano” e fiquei extremamente inspirado por ele, por isso, decidi aprender russo. Claro que os meus amigos e familiares ficaram surpresos no início, mas depois habituaram-se com a ideia.

Além disso, um dos meus parentes próximos estudou na Rússia durante vários meses, então a comunicação em russo tornou-se um dos meus passatempos comuns. Para ser honesto, aprender a língua russa é difícil. É especialmente difícil para um bengali ou pessoa de língua inglesa pronunciar sons como “ы”, o “l” suave ou “р”. E é quase impossível sentir a diferença entre as letras "ш" e "щ". Mas os professores são educados, ajudam sempre, e eu gosto da maneira como ensinam.

Eu lembro-me do meu primeiro dia em Yekaterimburgo. Estavam -9 graus, e eu não tinha nenhuma roupa quente. Aí senti pela primeira vez o frio da Rússia! Era algo incomum, novo, algo que eu nunca tinha experimentado antes. Também fiquei surpreso com a aparência moderna e europeia de Yekaterimburgo.

Depois as aulas começaram. O sistema de ensino russo é muito diferente do nosso. Aqui o ensino baseia-se nas necessidades e desejos dos alunos: os professores perguntam o que gostaríamos de receber de cada curso. Também há mais trabalho individual com os alunos. Por exemplo, em Bangladesh, eu nunca vi menos de 30 alunos numa palestra ou seminário e, às vezes, na Rússia pode haver apenas 5 pessoas numa aula. Eu vivo no dormitório estudantil, é bom e novo. Tem tudo que é preciso: ginásio, cozinha, parque infantil, campo de jogos, uma mesa de pingue-pongue e muito mais. A verdade é que aqui os estudantes não podem fumar nos quartos e, no Bangladesh, é permitido fumar.

Para mim, a UFUr é a melhor. Esta é uma universidade maravilhosa com funcionários simpáticos e prestáveis. Os funcionários interessam-se pelos estudantes e tentam dar-nos o máximo de atenção possível. A localização dos edifícios é ideal, estão facilmente acessíveis por qualquer meio de transporte. Os edifícios são maravilhosos e, na minha opinião, o nosso edifício principal parece um bonito castelo. A biblioteca tem uma grande seleção de livros, há edições incríveis e raras. Por perto há muitas lojas, restaurantes, pubs/bares, onde se pode passar o tempo e conversar. No primeiro mês eu senti a falta da nossa cozinha nacional, mas agora eu sei onde servem comida mesmo picante em Yekaterimburgo. E eu gosto. Embora eu sinta a falta de Bangladeche, também posso comprar muitos produtos picantes.

Antes de vir para a Rússia, eu tinha uma ideia falsa sobre o país, sobre os russos e a cultura. Ouvi dizer que na Rússia está sempre frio e que as pessoas são carrancudas. Na verdade, são as pessoas mais queridas do mundo; estão sempre a sorrir e prontas a ajudar em qualquer situação. Os russos têm uma cultura incrível e uma história muito rica. Aqui pode-se aprender muito e visitar diferentes lugares de interesse. Todos os dias encontro um grande número de pessoas e estão sempre interessadas em mim; onde quer que eu esteja (nos autocarros, comboios, parques), os russos são adequados quando socializam, interessam-se pela minha cultura. Conheci pessoas inteligentes e intelectuais, aprendi muito com eles e ainda aprendo.

Compartilhar

Comentários

Gustavo Gardel
Angola
«Eu quero ser engenheiro, esse é o meu sonho»
Leia completamente
Sebastian Sativa
Colômbia
«Sim, é frio na Sibéria, mas a natureza é simplesmente linda!»
Leia completamente
José Marçal
Portugal
«Na Rússia, aprendi muito sobre satélites»
Leia completamente
Ulan Manuleka
África do Sul
«Na universidade, conheci estudantes de cento e cinquenta países»
Leia completamente
Fan Naiwe
Taiwan
ESE
«A universidade possui educação de qualidade e estilo de ensino europeus»
Leia completamente
Sally Emma Kopp
Reino Unido
UPT
«Eu gosto da vida de estudante em Tomsk»
Leia completamente
Joen Ann Wengler
Índia
«Sinto que a medicina é minha vocação»
Leia completamente
Fabricia Jadim
Brasil
«Fiquei atraída pelo ramo de Gestão de Negócios»
Leia completamente
Não mostrar novamente
Envie uma candidatura para uma instituição de ensino superior russa gratuitamente e sem intermediários!